Telefone
(14) 9 8230 8888 (WhatsApp)
Matriz
Rua Goias, 1245
Conchas/SP - Brasil.

CONTROLE DE PULGAS

As pulgas são um problema doméstico comum, especialmente quando há cães ou gatos. Também são encontradas frequentemente em casas onde já existiram animais de estimação. Apesar de ser possível que as pulgas transmitam doenças, o que é muito raro no país. A principal preocupação é o desconforto provocado pelas picadas das pulgas em pessoas e animais de estimação.

ESPÉCIES DE PULGAS

Existem várias espécies de pulgas, mas a maior parte tem entre 2 e 3 mm de comprimento e cor vermelha ou castanha.

As pulgas adultas perfuram a pele dos mamíferos e das aves para se alimentarem de sangue. Mas as larvas alimentam-se da matéria orgânica que costuma existir em tapetes e roupa de cama, uma boa higiene pode atrasar o ciclo de vida delas.

Os ninhos das pulgas podem permanecer em estado latente durante mais de dois anos e são despertados pelas vibrações causadas pelos passos das pessoas. É comum as infestações de pulgas manterem-se latentes numa casa vazia e despertarem apenas quando a casa volta a ser habitada.

Pulga dos gatos (Ctenocephalides felis) - Têm 2 a 3 mm de comprimento. Sem asas. Achatadas lateralmente. As suas longas patas permitem-lhes saltar. Têm a parte posterior da cabeça e pronoto com cerdas rígidas, o que as distingue da maioria das outras pulgas de animais de estimação. Muitas vezes, estas pulgas não conseguem determinar se um hospedeiro é ou não adequado, até o picarem. Se for considerado inadequado, a pulga abandona-o. Fazem seu ninho no local de descanso habitual do hospedeiro, por exemplo, no cesto do gato. É aí que a pulga passa ao estado adulto.
Pulga dos cães (Ctenocephalides canis) - A pulga adulta tem 3 a 4 mm de comprimento. No estado adulto é preta acastanhada, mas fica preta avermelhada após uma refeição de sangue. A larva sem pernas é de cor creme e pode medir até 5 mm de comprimento. Como podem saltar cerca de 15 centímetros, conseguem mover-se de um hospedeiro para outro. Também podem infestar a relva dos jardins. Uma infestação de pulgas pode prejudicar o bem-estar geral, causar comichão, vermelhidão, perda de pêlo, infecções graves da pele ou alergias pela saliva da pulga. A pulga dos cães é um vetor da ténia (parasitas) dos cães, Dipylidium caninum, que também pode afetar o homem.
Pulga das aves (Ceratophyllus gallinae) - As pulgas adultas são, geralmente, acastanhadas, com 1 a 8 mm de comprimento. Os olhos e as antenas são visíveis. A boca está bem adaptada para perfurar a pele e sugar o sangue, projetando-se para baixo a partir da cabeça. Esta é a espécie mais comum nas aves, como as galinhas. As pulgas das aves adultas vivem nos ninhos. Quando as aves saem dos ninhos, as pulgas adultas têm que encontrar um novo hospedeiro. Se o ninho for reutilizado, as pupas surgem, posteriormente os adultos acasalam e assim continuam o ciclo de reprodução. Podem multiplicar-se de forma espantosa em galinheiros, aviários, área de criação, etc.
Ácaros das aves (Dermanyssus gallinae) - Têm 0,6 a 0,7 mm de comprimento. Corpo amarelo claro/verde, com oito patas. Depois de bem alimentados, ficam com o corpo vermelho brilhante. Dão preferência a locais quentes. Comuns em ninhos de aves e galinheiros. Podem reduzir a eficiência de postura das aves. Em casos graves, podem matar crias e aves doentes ou idosas. Em residências, os ácaros das aves podem picar pessoas na procura de alimento.
Pulga do homem (Pulex irritans) - As pulgas adultas têm 1 a 4 mm de comprimento. Têm um probóscide longo e fino que utilizam para perfurar a pele do hospedeiro a fim de se alimentarem do seu sangue. Muitas vezes, as pulgas picam as pessoas nas pernas e nos tornozelos, geralmente com 2 ou 3 picadas na sequencia. É possível sentir as picadas imediatamente e o seu efeito pode durar até uma semana. Como mudam de um hospedeiro para outro, representam um risco de transmissão de doenças. As pulgas do homem também podem ser encontradas em animais, como cães, ratazanas, porcos e raposas.

INFESTAÇÃO DE PULGAS

O seu gato ou cão parece estar com algum desconforto e está constantemente arranhando ou mordendo a própria pele? Será uma infecção dermatológica ou podem ser pulgas se alimentando? Antes de levar o seu animal de estimação ao veterinário há algumas formas de verificar se realmente tem pulgas em casa. Procure os seguintes sinais:

Consegue ver pulgas sobre o pêlo do seu animal de estimação? - Elas normalmente têm uma cor avermelhada ou castanha e têm cerca de 2 mm de comprimento.
Verifique as patas traseiras do seu cão ou a cabeça e o pescoço do seu gato. - Estas são as áreas mais comuns onde poderá ver sinais de pulgas.
Examine cuidadosamente a pele do seu animal de estimação e procure excrementos pretos e finos. - Trata-se de vestígios de pragas ou de excrementos de pulgas adultas e são semelhantes a pimenta do reino moída. Uma boa maneira de os identificar é usar um pente para pulgas e colocá-lo sobre uma folha de papel branco, o que a torna mais fácil de visualizar as pequenas partículas pretas.

Às vezes, é fácil pensar que conseguiu eliminar as pulgas na sua casa quando na realidade não o conseguiu. Isso acontece porque os ovos das pulgas são muito difíceis de encontrar. As pulgas põem os seus ovos sobre o corpo do seu animal de estimação. Mas eles não vão ficar lá. Os ovos facilmente caem e podem ficar escondidos em carpetes, tapetes, roupas de cama ou frestas nos pisos. Os ovos das pulgas são pequenos (cerca de 0,5mm de comprimento), ovais e brancos. Tal fato torna quase impossível a identificação dos mesmos em superfícies e materiais ásperos.

PICADAS DE PULGAS

Enquanto que as picadas de pulgas causam algum desconforto aos humanos, aos seus animais de estimação podem causar um sofrimento ainda maior. Poderá observar o seu cão ou gato a arranhar freneticamente a sua pele na tentativa de morder as pulgas.

Uma picada de pulga não é particularmente dolorosa, mas a maior parte das vezes vai aperceber-se de imediato que foi picado. Dependendo da sua sensibilidade, pode desenvolver algum prurido em redor da zona da picada, o que pode tornar-se desconfortável.

Devido ao seu pequeno tamanho, as picadas de pulgas muitas vezes são visíveis como pequenas manchas vermelhas na pele. Assim como acontece com outras picadas de insetos é difícil identificar as pulgas apenas pela visualização das suas picadas. Você deve considerar outros fatores, que podem ajudar a identificar o seu problema com pulgas.

Como identificar as picadas? - Procure por pequenas manchas escuras, rodeadas por uma área avermelhada com muito menos inchaço em torno da picada do que em outras picadas de insetos.
Em que parte do corpo aparecem as picadas? - As picadas de pulgas são mais frequentes nos pés ou pernas. As pulgas do gato ou do cão vão saltar de animal para animal, de tapetes, roupas de cama ou móveis, para se alimentar.
Consciência imediata - A picada de pulga costuma ser sentida de imediato, e uma pulga frequentemente pica duas e três vezes na mesma área.
Não há dor inicial - A picada em si não é dolorosa. É a sensação incômoda que resulta da reação do organismo que provoca a sensação de desconforto.
Quem está em risco? - As crianças estão expostas a um maior risco de ser picadas por pulgas, especialmente quando brincam no chão, sobre tapetes. As crianças também tendem a ser mais sensíveis às picadas do que os adultos.

Consulte um médico para obter mais informações caso desenvolva alguma erupção pruriginosa ou eczema. Esses são sintomas comuns de uma reação alérgica às picadas de pulgas. Também é aconselhável que consulte o seu veterinário se existirem sinais de irritação, como vermelhidão da pele ou manchas no pêlo do seu animal de estimação.

COMO ELIMINAR PULGAS

O simples pensamento de ter uma infestação de pulgas em casa é suficiente para causar pânico na maior parte das pessoas. Mas tal situação pode não ser da sua responsabilidade. Os animais podem pegar pulgas de outros animais ou locais e transportá-las para a sua casa.

Assim que elas infestarem o local, você vai querer eliminar as pulgas rapidamente. Há várias coisas que podem feitas para eliminar as pulgas, caso identifique o problema. Temos algumas dicas para lhe ajudar a ter uma casa livre de pulgas:

Antes de tudo, aspirar carpetes, mobiliário, as fendas em pisos e móveis estofados. - Assim, irá eliminar não só as pulgas adultas como os seus ovos e larvas. As larvas alimentam-se das fezes das pulgas adultas e outras matérias orgânicas depositadas em tapetes e carpetes. A remoção desta fonte de alimento é um passo importante.
Esvazie o pó do seu aspirador bem longe de casa. - Porque as pulgas ainda vão estar vivas no seu interior.
Escove os seus animais de estimação regularmente. - Use um pente para pulgas e lave as camas deles todas as semanas, se possível com água quente.
Se o seu animal de estimação se coçar ou arranhar frequentemente, deve consultar o seu veterinário. - Eles podem recomendar os melhores sprays ou pós para pulgas para tratar o seu animal de estimação.

SOLUÇÃO BCE PARA PULGAS

Se as pulgas continuarem a aparecer, ou se você deseja se assegurar da sua completa remoção, basta entrar em contato conosco. Os nossos técnicos sabem exatamente o que fazer quando se trata de eliminar pulgas na sua casa ou empresa. Eles conhecem os hábitos das diferentes espécies de pulgas e podem oferecer a solução mais adequada e eficaz. Todos os nossos tratamentos são seguros para a sua família e animais de estimação.

Ao chamar a BCE - Bio Control Extend, você poderá ficar tranquilo e seguro quanto à rapidez, segurança e eficácia do tratamento contra a infestação de pulgas. Nos colocamos ao seu dispor profissionais qualificados, soluções e consultoria discretas, personalizadas para que o seu problema seja resolvido sem interromper os seus negócios e produtos de alta qualidade e eficácia que complementam todo o trabalho.


VOLTAR