Telefone
(14) 9 8230 8888 (WhatsApp)
Matriz
Rua Goias, 1245
Conchas/SP - Brasil.

CONTROLE DE LACRAIAS

As lacraias, também conhecidas como "centopéias", são animais caçadores noturnos muito rápidos e têm o corpo adaptado para penetrar em frestas, onde se escondem durante o dia. Podem medir até 23 cm e se alimentam de insetos, lagartixas, camundongos e até filhotes de pássaros.

Têm o corpo formado por 21 segmentos, cada um com um par de patas pontiagudas. Em sua cabeça situam-se duas antenas e olhos. Embaixo dela ficam os ferrões venenosos que funcionam como pinças. O último par de patas não serve para locomoção, e sim como órgão sensorial e de captura de alimentos. Quando esse órgão pressente ou toca em uma presa, a segura com força e todo corpo da lacraia se dobra para trás. Aí, então, ela injeta o veneno que paralisará ou matará a presa, que depois será ingerida aos pedaços.

O veneno das lacraias é muito pouco tóxico para o homem. Embora existam muitas lendas a respeito desse animal, não há, no Brasil, relatos comprovados de morte nem de envenenamentos graves em acidentes com lacraias. Os sintomas são: dor forte e inchaço (edema) no local da picada. Em acidentes com lacraias grandes também podem ocorrer febre, calafrios, tremores e suores, além de uma pequena ferida.

Tem preferência por ambientes úmidos e sombreados como tronco de árvores podres ou em decomposição, embaixo de pedras, etc. Em zonas urbanas o animal se esconde em boxes de banheiros, sob entulhos ou tijolos, em jardins, vasos, xaxins e hortas. As padarias, restaurantes, residências, madeireiras e locais com obras, principalmente os condomínios terão maior probabilidade de serem infestados por lacraias.

Em caso de acidente, não beba álcool. Mantenha o local da picada o mais limpo possível, efetuando a higienização do local afetado com água e sabão neutro não sendo recomendada a utilização de fórmulas ou remédios caseiros. Embora o veneno das lacraias não seja muito perigoso para o ser humano, é bom procurar orientação médica levando o animal ou a foto deste para um diagnóstico mais eficiente e consequentemente o tratamento mais adequado.

Os acidentes podem ser evitados com as seguintes precauções:

• Limpe os ralos semanalmente com creolina e água quente, e mantê-los fechados quando não em uso;
• Limpe e mantenha fechadas as caixas de gordura e os esgotos;
• Limpe os jardins, apare a grama e afaste as plantas ornamentais e trepadeiras das casas. Além disso, pode-as para que os galhos não toquem o chão;
• Não use porões, garagens e quintais como depósito para objetos fora de uso que possam servir de esconderijo para as lacraias;
• Cuide dos muros e calçamentos para que não apresentem frestas onde a umidade se acumule e os animais possam se esconder.

Se com estes cuidados você ainda tiver problemas com lacraias, seja em sua residencia, escritório ou estabelecimento comercial, entre em contato com a BCE - Bio Control Extend e faremos uma inspeção e avaliação do grau, tipo e tamanho da infestação de lacraias e lhe apresentaremos um orçamento sem compromisso.

Utilizamos como tratamento pela aplicação pela pulverização nas possíveis áreas de infestação dessa praga. Pode-se aplicar o produto líquido com a atomizadora, dependendo do grau de infestação. Essa aplicação visa a atingir partes que na pulverização normal não atinge. A pulverização consiste em aplicar produto líquido em toda a área do chão, alto da parede e no meio de entulhos.

Todas as pessoas deverão afastar-se do local, durante o mínimo de 3 horas. Recém nascido, gestantes, pessoas alérgicas ou com problemas respiratórios deverão afastar-se do local pelo prazo mínimo de 12 horas. Animais de qualquer espécie deverão afastar-se do local pelo prazo mínimo de 12 horas.


VOLTAR